Might of Ra

BMW Série 3

Texto e fotos: Fernando Lalli

Um dos estandes mais recheados do Salão do Automóvel de São Paulo, senão o mais, a BMW exibe praticamente todos os lançamentos da marca para o Brasil em 2019, com exceção do agora confirmado X7. Tem para todos os gostos: desde os SUVs X4 e X5, os esportivos Z4 e o novíssimo Série 8 Coupé, até os eletrificados i8 Roadster e 530E.

Mas o lançamento mais importante é o novo Série 3, revelado inicialmente no Salão de Paris, mês passado. O sedã começa a ser vendido no Brasil no primeiro semestre de 2019, importado da Alemanha. Porém, a marca bávara anunciou em coletiva o investimento de R$ 125 milhões para preparar a fábrica brasileira de Araquari (SC) para começar a produzir não só o Série 3 como também o SUV X4.

BMW Série 3

Apesar de dimensionalmente maior que a anterior em praticamente todos os quesitos, a nova geração do BMW Série 3 é 55 kg mais leve, teve seu habitáculo todo revisado e tem coeficiente aerodinâmico baixíssimo, de 0,23. No exterior, terá dois motores de quatro cilindros, a gasolina, com 184 cavalos de potência para a versão 320i, e 258 cv para o 330i, esta a versão exibida no Salão. O câmbio é automático Steptronic.

Os pacotes de equipamento e motorização para o Brasil ainda não estão definidos, segundo a BMW. Entre os sistemas de assistência à condução disponíveis de série (pelo menos na Europa), destacam-se os alertas de colisão e pedestre (Collision and Pedestrian Warning) e a função City Braking, responsável por avisar o motorista quando um ciclista é detectado pelos sensores. Entre os opcionais, figuram o controle ativo de velocidade de cruzeiro (Active Cruise Control), com Função Stop & Go, e o assistente de condução com aviso de saída de faixa (Driving Assistant with Lane Departure Warning) e o alerta de mudança de faixa, prevenção de colisão traseira (Lane Changing Warning, Rear Collision Prevention) e alerta de tráfego cruzado (Cross-Traffic Alert).

bmw série 8 Coupé

O painel de instrumentos é totalmente digital e tem tela de 12,3 polegadas, além de outra tela de 10,25 polegadas do sistema de controle. Para uma operação mais intuitiva, o motorista pode escolher entre o acionamento por meio de toque na tela, o botão seletor iDrive, botões no volante, o controle por gestos ou comandos de voz – este, através do Assistente Pessoal Inteligente BMW, que está em fase final de testes no Brasil. Trata-se de um “copiloto virtual” que responde a comandos de voz do motorista para ajudar o motorista em várias tarefas.

BMW X5

Share This
Might of Ra Mapa do site