Might of Ra

A Volvo e a Geely anunciaram nesta semana a intenção de fundir suas operações de motores a combustão, criando uma nova empresa independente para fornecer propulsores térmicos e híbridos globalmente. O objetivo dessa parceria é que a Volvo passe a se focar no desenvolvimento de sua linha de veículos elétricos. A expectativa da empresa é que, em meados da próxima década, metade de suas vendas globais sejam de modelos totalmente elétricos e metade de híbridos, que seriam fornecidos por esse nova unidade.

A nova empresa deve produzir “motores de combustão tecnologicamente avançados e eficientes e motores híbridos”, conforme comunicado, para as marcas Geely, Proton, Lotus, LEVC e LYNK & CO. Contudo, por ser uma unidade independente, também poderia fornecer para outras fabricantes.

A Volvo acredita que a eletrificação da indústria automotiva será um processo gradual, com demanda cada vez maior por motores híbridos eficientes e totalmente elétricos. No Brasil, 22% das vendas da fabricante são de produtos eletrificados, devendo chegar a 40% em 2020. 

 

Leia mais

 

Carro movido a combustível fóssil poderá ser proibido no Brasil a partir de 2060

Peugeot irá produzir nova plataforma do 208 em Porto Real (RJ)

Share This
Might of Ra Mapa do site