Might of Ra

Esportivo Nissan Z 2023

Nissan concentrará investimentos em novas tecnologias para veículos elétricos, segundo portal japonês

 

A Nissan irá interromper o desenvolvimento de novos motores exclusivamente a combustão interna em todos os mercados em que atua, com exceção dos Estados Unidos. Com a medida, a marca visa concentrar esforços e investimentos na criação de tecnologias para veículos híbridos e elétricos globais.

As informações foram reveladas pelo portal japonês Nikkei Asia, que antecipou que a marca irá trabalhar apenas na evolução dos motores atuais para futuros lançamentos híbridos para os mercados da China, Japão e Europa. De acordo com o portal, o valor anual investido pela Nissan no desenvolvimento de motores a combustão é de 4,3 bilhões de dólares.

A verba será mantida para a criação de novas tecnologias de motores híbridos e elétricos, com a readequação das equipes de pesquisa e desenvolvimento. A exceção para os Estados Unidos tem relação com a alta demanda por picapes de grande porte naquele país, onde a legislação de emissões ainda torna viável o uso de motores a combustão de alta cilindrada. Já na Europa, de acordo com o jornal, as novas regras de emissões Euro 7 (previstas para 2025) tornariam o custo de desenvolvimento inviável. 

Um levantamento da consultoria LMC Automotive aponta que, em 2021, 67,5 milhões de veículos a combustão foram vendidos no mundo, número 15 vezes maior do que o de modelos eletrificados. A projeção é que os híbridos e elétricos alcancem a marca de 46,9 milhões de unidades anuais em 2033, volume 20% maior do que o estimado para carros a combustão.

Foto: Divulgação

Share This
Might of Ra Mapa do site