Might of Ra

Sedãs executivos da Audi ganham novo visual, equipamentos high tech,
motor mais potente, mas mantêm o conforto e requinte

Audi A6 SedanPor fora uma carroceria sedã. Por dentro requinte e acabamento clássico, misturados à mais moderna tecnologia, e o coração esportivo. Assim podemos definir os modelos colocados à venda no mês de setembro pela Audi do Brasil, o A6 Sedan e A7 Sportback.

Como já havia sido anunciado, o visual segue as linhas adotadas no SUV Q8, entre eles está uma nova grande grade dianteira, novos faróis com DRL, nas extremidades do para-choque, grades menores.

As laterais com vincos, no A7 Sportback a curvatura do teto é bem acentuada, enquanto, no A6 ela é mais comedida. Ele mede 4.939 milímetros de comprimento, 2.110 mm de largura, 2.924 mm de entre-eixos e 1.457 mm de altura. O porta-malas tem capacidade para 530 litros. Já o A7 é maior tem comprimento de 4.969 mm, distância entre-eixos de 2.926 mm, 2.118 mm de largura, a altura é de 1.422 mm e 535 litros de capacidade no compartimento de carga traseiro.

Audi A7 SportbackO interior dos dois carros recebeu a central multímidia com tela tátil de 10,1”, responsiva aos sistemas Android Auto e Apple CarPlay, com informações de navegação, seleção de emissoras de rádio e o Audi Drive Select com cinco modos de condução: Comfort, Dynamic, Efficiency, Individual e Auto. No display inferior de 8,6” está o acesso ao controle de climatização, funções de conforto e a entrada de texto escrito, que antes era feita no console.

Audi A6 SedanNa geração anterior, o motor 3.0 FSI possuía compressor, o atual 3.0 TFSI utiliza o turbocompressor, assim entrega 340 cv de potência e torque de 51 kgfm. O câmbio é automatizado de dupla embreagem S tronic com sete marchas. Segundo divulgado, o A6 faz de 0 a 100km/h em 5,1 segundos e o A7, em 5,3 segundos. A velocidade máxima é limitada eletronicamente em 250 km/h. Ambos são equipados com a tração quattro.

As tecnologias semiautônomas de auxílio ao motorista integram o pacote de novidades dos sedãs executivos, entre elas: sistema que mantém o veículo dentro da faixa, que controla a aceleração e frenagem para manter a distância do que vai à frente, reconhece a iminência de uma colisão e aumenta a tensão dos cintos dianteiros, o posicionamento do banco e fecha o teto solar e vidros. Tem ainda aviso de perigo ao sair do veículo, aviso de perigo em mudança de faixa, assistente de tráfego reverso que informa o motorista sobre a possibilidade de um acidente ao realizar uma manobra traseira e a câmera 360°, que auxilia na hora de estacionar ao mostrar o veículo digitalmente no display do MMI.

Interior Audi A6 SedanHá também a tecnologia de alternador-motor de partida por meio de correia dentada alimentado por uma bateria de íons de lítio de 48 volts que é carregada por regeneração de energia ao levantar o pé do acelerador ou frear. Tem também função roda-livre com motor desligado, quando no modo de condução Efficiency, em velocidades entre 55 km/h e 160 km/h.

Em termos de dirigibilidade, difícil é sentir as diferenças entre os dois, pois a configuração técnica é semelhante. A apresentação foi feita no Rio de Janeiro, o teste drive entre o bairro de Botafogo e a Marina da Glória, trecho urbano com trânsito carregado. Nestas condições o ambiente interno é agradável, detalhes de acabamento condizentes a proposta dos modelos. Os novos equipamentos eletrônicos são intuitivos, fácil de manusear. O desempenho e performance tem que ser avaliados na pista.

O Audi A6 versão Performance tem preço sugerido de R$ 426.990 e o A7 Sportback, também versão Performance custa R$ 456.990.

Share This
Might of Ra Mapa do site