Might of Ra

Carros que serão lançados no Brasil em 2021

Mercado brasileiro terá ‘avalanche de SUVs’, com a estreia de modelos como Toyota Corolla Cross e Volkswagen Taos

 

Mesmo com o mercado duramente afetado pelas consequências da pandemia, 2020 teve lançamentos “de peso” ao longo do ano, como as novas gerações de Fiat Strada,Chevrolet Tracker,Nissan VersaePeugeot 208, além da estreia de Volkswagen NivuseCaoa Chery Tiggo 8, entre outros. Para o próximo ano, a expectativa é de ainda mais novidades. Nesta lista, elencamos os 20 principais carros que serão lançados em 2021.

Em 2021, o foco das fabricantes será, mais uma vez, o segmento de SUVs. Dos 20 principais carros que serão lançados no Brasil, mais da metade pertence ao segmento de utilitários esportivos. Entre os mais aguardados, estão os inéditos Toyota Corolla Cross e Volkswagen Taos, além das reestilizações de Jeep Compass e Nissan Kicks. A lista dos principais lançamentos de 2021 compreende ainda importantes mudanças em competidores dos segmentos de picapes, hatches e esportivos, além da chegada de um novo elétrico.

Como tradicionalmente fazemos, dividimos os carros que serão lançados em quatro diferentes categorias: modelo inédito, nova geração, reestilização e nova versão. Além disso, também apontamos o período do ano previsto para a estreia e os preços estimados de cada um deles. Confira:

 

Toyota Corolla Cross

Considerado um dos principais lançamentos de 2021 no Brasil, o Corolla Cross irá marcar a estreia de um competidor nacional da Toyota no mesmo segmento do Jeep Compass. O SUV médio é feito na mesma base do sedã Corolla, a TNGA-C. O utilitário esportivo possui 4.460 mm de comprimento, 1.825 mm de largura, 1.620 mm de altura e 2.640 mm de distância entre eixos. Para efeito de comparação, o Corolla (sedã) possui, na ordem: 4.630/1.780/1.455/2.700 mm. Já registrado no Brasil, o novo modelo irá estrear no primeiro trimestre de 2021, com a mesma mecânica do sedã: 2.0 flex de 177 cv e 1.8 híbrido flex de 122 cv. Preços ficarão entre R$ 140 mil e R$ 190 mil.

O que é? Modelo inédito

Quando chega? Primeiro trimestre

Quanto vai custar? R$ 140 mil (estimado)

 

Jeep Compass 2022

A FCA sabe que o segmento de SUVs médios, liderado com folga pelo Jeep Compass desde 2017, terá ao menos dois novos competidores de peso em 2021. Para reforçar seu representante na categoria, a Jeep irá além de uma simples reestilização. O Compass terá interior completamente renovado e alterações na mecânica, com a chegada do aguardado motor 1.3 Firefly turbo flex produzido em Betim (MG), com potência estimada em 170 cv, e câmbio automático do tipo CVT. O SUV seguirá ainda com a oferta do 2.0 Multijet (turbodiesel), que poderá ter a potência atual (170 cv) revista. Além disso, está confirmada a importação do Compass com motorização híbrida plug-in de 190 cv. Por dentro, o Compass 2022 terá novos volante, central multimídia “flutuante” de 12 polegadas e quadro de instrumentos digital. As alterações no visual externo serão discretas e concentradas na dianteira, com novo para-choque, grade e faróis full LED mais afilados, como no modelo chinês. Preços deverão ficar na faixa do modelo atual, entre R$ 135 mil e R$ 225 mil.

O que é?Reestilização

Quando chega? Segundo trimestre

Quanto vai custar? R$ 135 mil (estimado)

 

SUV Jeep de 7 lugares

Além da renovação da segunda geração do Compass, a FCA irá lançar um novo SUV médio de 7 lugares. Totalmente desenvolvido pela Engenharia da fabricante no Brasil, o novo modelo será derivado da plataforma Small Wide 4×4, a mesma do trio já produzido em Goiana (Fiat Toro, Jeep Renegade e Compass). O SUV de 7 lugares, ainda sem nome conhecido, deverá herdar o visual da dianteira e o desenho da cabine do Compass 2022, assim como o novo motor 1.3 Firefly turbo flex e o 2.0 Multijet (turbodiesel) atualizado. Oficialmente, a Jeep apenas confirma a chegada do novo modelo para o segundo semestre de 2021 e diz que o modelo não será um “Grand Compass”. Posicionado acima do “irmão”, o novo Jeep de 7 lugares deverá competir com Volkswagen Tiguan Allspace, Caoa Chery Tiggo 8 e Peugeot 5008, na faixa entre R$ 175 mil e R$ 230 mil.

O que é? Modelo inédito

Quando chega? Segundo semestre

Quanto vai custar? R$ 175 mil (estimado)

 

VolkswagenTaos

Além do Tiguan Allspace, que seguirá em linha nas versões mais equipadas, a Volkswagen irá apostar as fichas no Taos para disputar a liderança entre os SUVs médios com o Jeep Compass 2022 e o Toyota Corolla Cross. Produzido na Argentina, o Taos terá sempre motor 1.4 TSI flex de 150 cv e 25,5 kgfm de torque. O câmbio será o mesmo do T-Cross: automático de seis marchas. O novo SUV da Volkswagen traz faróis com luzes de rodagem diurna em LED em formato de dois “L” e inova ao adotar filete iluminado na grade. Por dentro, o Volkswagen Taos mescla elementos de T-Cross e Jetta, com destaque para a central multimídia VW Play de 10 polegadas, ar-condicionado digital de duas zonas, iluminação ambiente, quadro de instrumentos digital e o novo volante da marca. O modelo irá estrear até junho, com preços entre R$ 130 e R$ 170 mil, mesma faixa das versões flex do Compass.

O que é? Modelo inédito

Quando chega? Segundo trimestre

Quanto vai custar? R$ 130 mil (estimado)

Novo Citroën C3

A segunda geração do Citroën C3 estreou por aqui em 2012 e, basicamente, manteve o exatamente o mesmo visual desde então, sem nenhuma reestilização. Em 2021, a marca finalmente irá apresentar o sucessor do hatch, que continuará a ser feito no Brasil. A plataforma do novo modelo será a mesma do novo Peugeot 208, batizada de CMP, que já está em produção em regime de pré-sérieem Porto Real (RJ) desde junho último. Pouco se sabe sobre o visual do novo modelo, que deverá trazer elementos do C5 Aircross (na foto) e do novo C4 europeu, com faróis divididos em “blocos”. Na mecânica, é esperado que o C3 siga o “primo” argentino 208, com motor 1.6 aspirado flex de 118 cv e câmbios manual de 5 marchas e automático de 6 marchas. Preços deverão partir de R$ 65 mil. A nova plataforma dará origens a mais dois produtos produzidos em Porto Real no futuro, que poderão ser o sucessor do Aircross e um inédito sedã compacto.

O que é? Nova geração

Quando chega? Segundo semestre

Quanto vai custar? R$ 65 mil (estimado)

 

Caoa Chery Tiggo 2 2022

Em 2021, o Caoa Chery Tiggo 2 deverá seguir a atualização do modelo vendido na China, com faróis divididos em andares e grade ampliada. Na traseira, o modelo manterá as lanternas e o para-choque do modelo atual. Do lado de dentro, o Tiggo 2 2022 terá novo desenho do painel, volante e console central, além de central multimídia atualizada. Na mecânica, o SUV ganhará um novo motor 1.0 turbo flex em substituição ao atual 1.5 flex de 115/110 cv. O câmbio automático de quatro marchas dará lugar a um automático do tipo CVT, o mesmo das linhas Arrizo 5 e Arrizo 6. Já a continuação do câmbio manual de 5 marchas em linha é dúvida. Sem a caixa mecânica, preços deverão partir de R$ 75 mil.

O que é?Reestilização

Quando chega? Primeiro semestre

Quanto vai custar? R$ 75 mil (estimado)

Renault Captur 2022

Em descompasso com o modelo vendido em países como França e Espanha, que ganhou nova geração em 2019, o Renault Captur brasileiro seguirá a reestilização do modelo russo (conhecido como Kaptur por lá). Feito na plataforma B0 (a mesma do antigo Duster), o Captur 2022 terá as novidades do novo Duster, que inclui direção assistida eletricamente, nova arquitetura eletrônica e volante ajustável também em distância. As mudanças visuais incluem apenas grade com detalhes cromados, faróis full LED com novo arranjo interno e rodas redesenhadas. Na cabine, as alterações deverão ficar restritas ao novo volante e central multimídia, ambos herdados do Duster, além de novos materiais de acabamento no painel e portas. Principal novidade estará sob o capô: motor 1.3 turbo e câmbio automático do tipo CVT. No modelo russo, este motor produz 150 cv de potência e 25,5 kgfm de torque, valores que poderão crescer com a injeção flex do Renault nacional. Preços ficarão acima dos R$ 110 mil.

O que é?Reestilização

Quando chega? Segundo semestre

Quanto vai custar? R$ 110 mil (estimado)

 

Volkswagen Tarok

A futura rival da Fiat Toro, apresentada pela primeira vez no Salão do Automóvel de São Paulo de 2018, poderá finalmente estrear em concessionárias no fim de 2021 – em uma projeção otimista, é verdade. A Volkswagen deverá anunciar no primeiro trimestre do ano um novo pacote de investimentos em produtos, que incluirá a versão de produção da Tarok. A inspiração para o visual definitivo e pacote de equipamentos virá do Taos, modelo com o qual a picape compartilhará a plataforma (MQB), motor 1.4 TSI flex e a linha de produção na Argentina. O conceito da picape teve o desenho registrado pela Volkswagen no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). Isso não indica, entretanto, que a picape de produção terá visual idêntico ao protótipo. A Tarok final deverá compartilhar boa parte dos componentes com o Taos, como para-choque dianteiro, grade, capô e faróis. Preços terão como base a futura Fiat Toro 1.3 turbo flex, ao redor dos 135 mil.

O que é? Modelo inédito

Quando chega? Último trimestre

Quanto vai custar? R$ 135 mil (estimado)

 

Ford Bronco Sport

A linha Bronco, composta por 3 carrocerias diferentes, fará sua estreia no Brasil com o Bronco Sport. Com construção monobloco, o SUV médio terá como objetivo ser uma opção mais off-road ao Terrritory. O foco será nas versões 4×4 do Jeep Compass, na faixa inicial de R$ 185 mil. Nos Estados Unidos, o Bronco Sport é vendido com duas opções de motores turbo a gasolina: 1.5 EcoBoost de 183 cv de potência e 26,3 kgfm de torque e 2.0 EcoBoost de 248 cv e 38 kgfm. Ambos são acoplados a um câmbio automático de oito marchas, com tração 4×4 e opção de bloqueio do diferencial traseiro. Na cabine, o Bronco Sport traz de série central multimídia Sync 3, com tela de 8 polegadas e conexão 4G nativa. O SUV traz ainda, desde a versão básica, recursos como frenagem autônoma de emergência, monitoramento de pontos cegos e farol alto automático. Opcionalmente, pode receber controle de cruzeiro adaptativo com função stop&go.

O que é? Modelo inédito

Quando chega? Terceiro trimestre

Quanto vai custar? R$ 185 mil (estimado)

 

Novo BMW M3

Anova geração do BMW M3, com sua polêmica grade dianteira, chegará ao Brasil no segundo semestre de 2021. O esportivo adota motor 3.0 de seis cilindros em linha, com dois níveis de potência: 480 cv e 510 cv. Na configuração mais forte, restrita ao M3 Competition, a aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 3,9 segundos. Com o pacote opcional M Driver’s Package, a velocidade máxima é de 290 km/h. A fabricante alemã oferece ainda o pacote M Race Track, que reduz o peso do veículo em aproximadamente 25 kg com a adoção de freios de cerâmica, rodas exclusivas e bancos esportivos. Devido à instabilidade cambial, nossa aposta é que o sedã esportivo não chegue por menos de R$ 600 mil.

O que é? Nova geração

Quando chega? Segundo semestre

Quanto vai custar? R$ 600 mil (estimado)

Chevrolet Equinox 2022

Revelada mundialmente no início de 2020, a reestilização do Chevrolet Equinox chegará por aqui no primeiro semestre de 2021. O SUV traz mudanças leves no visual incluindo grade, para-choques e faróis redesenhados. Estes são seccionados por um friso cromado, que divide o conjunto principal (abaixo) das luzes de rodagem diurna em LED (acima). Os faróis de neblina também ganharam novo arranjo, na vertical. Na traseira, mudam apenas o layout interno das lanternas (em LED) e a posição do friso cromado. A marca atualizou ainda o conteúdo de série, com adição de assistente de manutenção em faixa, câmera de ré e alerta de colisão frontal com frenagem automática de emergência também para pedestre em todas as versões. Na mecânica, são grandes as chances de a General Motors trazer apenas acabamentos com o motor 1.5 turbo de 172 cv, uma vez que o 2.0 de 262 cv deverá ser descontinuado nos Estados Unidos.

O que é?Reestilização

Quando chega? Primeiro semestre

Quanto vai custar? R$ 140 mil (estimado)

 

Ford Ranger Black

De olho no bom desempenho em vendas da versão Storm da Ranger, a Ford já confirmou para 2021 mais uma opção inédita na gama da picape. Chamada de Ranger Black, a variante irá apostar, como o nome indica, em itens visuais na cor preta. Além da carroceria, receberão este tom todos os itens originalmente cromados da carroceria, como grade, molduras dos faróis de neblina, retrovisores e para-choque traseiro. A picape terá ainda estribos, rack de teto, santantônio e capota marítima, além de rodas escurecidas com desenho exclusivo. A motorização deverá ser a mesma dos acabamentos Storm, XLT e Limited: 3.2 Duratorq diesel de 200 cv.

O que é? Nova versão

Quando chega? Primeiro semestre

Quanto vai custar? R$ 190 mil (estimado)

 

Ford Mustang Mach 1

Confirmado para 2021, o Mustang Mach 1é uma edição especial do musle-car com visual exclusivo e aperfeiçoamentos dinâmicos. O motor 5.0 V8 do Mach 1 produz 480 cv de potência a 7.000 rpm (14 cv a mais que o Mustang Black Shadow disponível no Brasil) e 58 kgfm de torque a 4.600 rpm. Segundo a Ford, o Mach 1 utiliza componentes do Shelby GT350, como o coletor de admissão e o radiador de óleo do motor com capacidade de refrigeração 50% maior. O Mustang Mach 1 traz ainda nova calibração da suspensão MagneRide e da direção, além de barras estabilizadoras, molas dianteiras e buchas do subquadro traseiro mais rígidas. Um dos destaques do modelo é o câmbio manual Tremec 3160, de seis marchas e embreagem de disco duplo. Apesar disso, são baixas as chances de a caixa mecânica chegar ao Brasil. A série especial deverá manter o câmbio automático de 10 marchas. Com o acabamento regular tabelado a R$ 379.900, é difícil esperar que a série exclusiva desembarque por menos de R$ 400 mil.

O que é? Nova versão

Quando chega? Último trimestre

Quanto vai custar? R$ 400 mil (estimado)

Fiat Toro 2022

A Fiat Toro é a vice-líder entre as picapes no Brasil – à frente dela, somente a “irmã” Strada. Porém, a FCA vai se antecipar à chegada da rival Volkswagen Tarok e apresentar a primeira reestilização da picape em meados de 2021. No visual externo, as mudanças serão sutis e concentradas na dianteira, como no Jeep Compass 2022 – a inspiração virá do conceito Fastback(acima). A picape ganhará o novo logotipo da Fiat na dianteira, que terá grande central inspirada na da Strada (acima, à direita). Os faróis principais serão do tipo full LED nas versões de topo, assim como os faróis de neblina. O aplique plástico no para-choque do modelo atual que simula uma barra de impulsão será redesenhado e terá tom acetinado. Na traseira, nenhuma mudança. Do lado de dentro, a Toro 2022 terá nova central multimídia com tela vertical (ao estilo da RAM 1500) e opção de quadro de instrumentos 100% digital. Na mecânica, a picape terá o 1.3 Firefly turbo e câmbio CVT do Compass, além de manter os atuais 1.8 E.torQ flex de 139 cv (MT5 e AT6) e 2.0 Multijet de 170 (AT9), que deverá ter potência reajustada.

O que é?Reestilização

Quando chega? Julho de 2021

Quanto vai custar? R$ 110 mil (estimado)

 

Novo Hyundai Creta

O visual da segunda geração do Hyundai HB20 causou polêmica no Brasil e, no que depender da marca, o mesmo sentimento irá marcar a chegada do novo Creta. Já revelado em outros países, o SUV é marcado pela ousadia dos conjuntos óticos. Na dianteira, faróis principais, de neblina e luzes de rodagem diurna são seccionados em até 4 peças diferentes. Na traseira, o mesmo tema se repete com as lanternas, que têm a peça superior interligada por uma barra onde fica alojada a terceira luz de freio. Nas medidas, o novo Creta possui 4,30 m de comprimento, 1,79 m de largura, 1,62 m de altura e 2,61 m de distância entre eixos. No México, o SUV tem duas opções de motores: 1.5 de 115 cv e 1.4 turbo de 140 cv. Por aqui, a marca poderá apostar no conjunto do HB20, com o 1.0 turbo de 120 cv e 17,5 kgfm de torque.

O que é? Nova geração

Quando chega? Segundo semestre

Quanto vai custar? R$ 80 mil (estimado)

 

NissanKicks2022

A primeira reestilização do Kicks está praticamente pronta para estrear no Brasil. Previsto para fevereiro, o Nissan Kicks 2022 irá adotar ao mesmo visual externo do modelo revelado na Tailândia. A grade dianteira cresce em tamanho e passa a ser conectada com os novos faróis full LED, mais afilados. Na traseira, o SUV adota lentes escurecidas nas lanternas e para-choque redesenhado, com a parte inferior pintada na cor da carroceria. Por dentro, o Kicks nacional deverá ter apenas atualização na central multimídia e nova padronagem dos revestimentos – o freio de estacionamento eletromecânico, novidade dos modelos vendidos nos Estados Unidos, não será adotada por aqui, já que serão mantidos os freios traseiros a tambor. Na mecânica, nenhuma novidade: motor 1.6 flex de 114 cv e opções de câmbio manual de cinco marchas ou CVT. Entre 2021 e 2022, a marca deverá trazer a versão híbrida e-Power.

O que é?Reestilização

Quando chega? Fevereiro de 2021

Quanto vai custar? R$ 90 mil (estimado)

Novo Fiat 500 elétrico

A segunda geração do Fiat 500 elétrico finalmente chegará oficialmente ao Brasil. Ao contrário do primeiro modelo (trazido ao Brasil em 2014 somente para experimentação), o novo 500e supera os 300 km de autonomia com uma única carga. Mérito das novas baterias de íons de lítio de 42 kWh, que podem ter 80% da capacidade recarregados em 35 minutos em estações de carga rápida. O motor elétrico do novo 500e produz 118 cv de potência, o que faz o compacto alcançar os 100 km/h em 9 segundos, segundo dados de fábrica. Para preservar o alcance, a velocidade máxima é limitada a 150 km/h. O compacto é vendido em três carrocerias distintas na Europa: duas portas, conversível e a inédita três portas. A FCA deverá optar pela primeira opção para vendas no Brasil.

O que é? Nova geração

Quando chega? Segundo semestre

Quanto vai custar? R$ 195 mil (estimado)

Toyota Yaris 2022

Lançado no Brasil em 2018, o ToyotaYaris terá novidades na linha 2022. A reestilização do compacto, vendido nas carrocerias hatch e sedã, concentrará as mudanças na dianteira. Nas versões de topo, o Yaris terá faróis com iluminação full LED e luz de rodagem diurna integrada. No para-choque, a grade inferior passará a ser conectada à principal e terá maior largura na base, com acabamento em preto brilhante e frisos horizontais. Na cabine, o modelo terá apenas nova central multimídia. A mecânica também será mantida, com motores 1.3 flex de 101 cv (hatch) e 1.5 flex de 110 cv (hatch e sedã), sempre com câmbio automático CVT, já que a opção de caixa manual foi descontinuada recentemente.

O que é?Reestilização

Quando chega? Primeiro semestre

Quanto vai custar? R$ 75 mil (estimado)

Honda City Hatch

O Honda City, que estreou mundialmente na década de 1980 como um hatchback, voltou às origens com uma configuração de cinco portas derivada da nova geração do sedã. Já vendido na Tailândiaeregistrado no Brasil, o City Hatch será produzido em Itirapina (SP) em 2021.A novidade repete o mesmo visual da nova geração do City sedã (que também virá ao Brasil), com o mesmo para-choque dianteiro, faróis, capô e portas laterais. Na traseira, o modelo traz lanternas com desenho que remete ao atual Mercedes-Benz Classe A. O Honda City Hatch é 204 mm mais curto (4.349 mm ao todo) e 21 mm mais alto (1.488 mm) que o sedã. Largura (1.748 mm) e distância entre eixos (2.589 mm) são exatamente os mesmos do três-volumes. Sob o capô, o modelo terá inédito motor 1.0 turbo de 3-cilindros e 12V – na Ásia, produz 122 cv de potência a 5.500 rpm e 17,6 kgfm de torque entre 2.000 e 4.500 rpm. O câmbio é sempre automático do tipo CVT, com simulação de 7 marchas.

O que é? Modelo inédito

Quando chega? Segundo trimestre

Quanto vai custar? R$ 85 mil (estimado)

 

Nissan Frontier 2022

Cominvestimento confirmado para modernização da fábrica da Renault-Nissan em Santa Isabel, na Argentina, a chegada da Frontier reestilizadaao Brasil é apenas questão de tempo. A linha 2022 da picape média terá novo visual externo, com inspiração na irmã maior Titan, vendida nos Estados Unidos. A grade foi ampliada e os faróis têm novo arranjo interno full LED, enquanto o capô e o para-choque têm linhas mais retilíneas. Na traseira, a tampa da caçamba tem nova estamparia com o nome do carro e lanternas em LED. Na mecânica, deverão ser mantidas as duas versões do motor 2.3 diesel, com um único turbo (160 cv) ou biturbo (190 cv).

O que é?Reestilização

Quando chega? Terceiro trimestre

Quanto vai custar? R$ 180 mil (estimado)

 

Fotos: Divulgação

Share This
Might of Ra Mapa do site